23.03.2017

HINO DE VIRGINÓPOLIS

HINO DE VIRGINÓPOLIS

Letra de José Agostinho de Araújo

Música de João Batista de Magalhães (João Domingos)

 

Alma luz desta alvorada

mais se alegra o teu matiz,

leda vila festejada,

sê feliz, muito feliz! (bis).

 

Refrão:

Virginópolis ditosa

parabéns vila louçã

já se vê a cor-de-rosa

do teu próspero amanhã…

 

Desses risos tão casquilhos

diz o rórido frescor

que do afã dos teus bons filhos

brota a paz e brota o amor. (bis)

 

Ao marasmo sempre avesso

tudo aqui deve sentir,

que o ginete do progresso

toca os prados do porvir.

 

Nova glória cingir há de

o teu colo juvenil,

convertendo-te em cidade

neste seio do Brasil.

Sim o teu vasto horizonte

ao clarão dos arrebóis

vê-se a bela honrada fronte

de uma plêiade de heróis.

 

Eia, pois, formosa vila!

Já que surge o teu fanal

segue impávida, tranquila,

o estandarte do ideal.